Egon Schiele

Você sabe quem foi Egon Schiele? Se não, a Wikipedia conta, mas o artista Duncan Hannah o resume perfeitamente no livro Mate-me Por Favor [L&PM Editores, coleção pocket volumes 1 e 2]:

"Egon Schiele era um expressionista vienense que tinha um cabelo legal, foi preso por pornografia e morreu aos vinte e oito anos de idade. Tipo assim, perfeito."

Eu sou um grande fan. Além de achar seu visual e história super cool, também admiro o legado de sua arte. Um verdadeiro artista e mestre do desenho. Há algumas semanas atrás, na casa de minha mãe, encontrei o livro "Egon Schiele 1890-1918" por Reinhard Steiner. A edição em português está esgotada no Brasil, infelizmente - É um livro maravilhoso, grandes dimensões e o melhor detalhe de impressão. Ao ler e observar os desenhos, bateu uma inspiração. Para treinar meu desenho, e trabalhar com figuras fora de meu normal, fiz cópias de algumas de suas obras, desenhando à mão para não perder a prática e firmeza do traço, e finalizando no Photoshop, experimentando com texturas e cores. Os desenhos postados aqui terão links para os originais, disponiveis na galeria Wikimedia pra quem quiser dar uma olhada melhor na produção do artista.

Do you know Egon Schiele? If not, Wikipedia tells you, but Duncan Hannah in the book Please Kill Me [Grove Press] sums him up perfectly:

"Egon Schiele was a Viennese expressionist that had great hair, got busted for pornography, and died at twenty-eight. You know, like perfect."

I'm a big fan of him. So, asides these very interesting qualities, his art legacy is remarkable - Such an acomplished artist, a master at draughstmanship. Some weeks ago I was at my mother's home and going through her books I found a copy of "Egon Schiele 1890-1918" by Reinhard Steiner. Such an amazing book, the finest print quality in large dimensions. By reading the book and looking at the pictures, I got really inspired. Then I decided to copy some of his works by hand in order to practice my drawing skills and finishing them in Photoshop to play with textures and colors a little. The drawings shown here are all mine, but I included links for the original pictures wich they're based on. They're all filed in Schiele's Wikimedia. It's a really gread online gallery if you want to take a further look on his business.

A MALICIOSA/DIE HÄMISCHE

Nessas horas dou graças à Deus pela mãe artista que tenho, a coleção de livros dela é fantástica. Também dou graças à editora Taschen que publicou esse livro fantástico que é uma ótima introdução ao artista. Acima temos minha cópia da Maliciosa, uma figura incrível de página inteira no livro. Fiquei satisfeito com essa cópia, com o desenho bem próximo do real, mas com texturas, cores e pincéis de Photoshop dando um toque de diferente e vibrante apesar de eu tentar manter o trabalho próximo ao original. Talvez eu o imprima como um pôster, já que para começar essa série eu o escaneei em altissima resolução.

Thank God for an artist mother and thank Taschen for their high quality press material, wich made this fine introduction of this great artist. I'm pretty satisfied of how it turned out - the drawing is quite simmilar to the original, and the textures, colors and brushes of Photoshop give it a modern twist while keeping the original's aesthetic. Maybe I'll print it poster size, since I scanned it in a high resolution to kick this series.

NU COM CABELOS NEGROS (DE PÉ)/SCHWARZHAARIGER MÄDCHENAKT (STEHEND)

A figura da garota de cabelos negros é uma das mais doces e interessantes do livro - o trabalho de linhas é histérico e a nudez escandalosa da modelo - que era provavelmente menor de idade - são muito difíceis de reproduzir e atestam o gênio do desenho de Schiele. Essa cópia não chega aos pés da original, mas o que vale é a prática. Na minha opinião é um dos melhores nus do artista - e a modelo foi desenhada mais vezes em diversas posições - e uma escolha boa pra treinar o traço e ver onde se erra. Minha versão é meio censurada. Clique no link abaixo do desenho pra conferir a original.

The black-haired girl figure is one of the most sweet and interesting ones in the book in my opinion - the lineart is hysterical and the nudity of the probably underage girl is scandalous. It's a very hard work wich requires a tremendous level of skill. My copy is crap next to the original, but it's good practice because the original displays Schiele's artistic brilliance on drawing and painting. In my opinion, it's a good choice to work with, plus, the girl was drawn in various positions and situations, so it can give further practice for those who want extra challenge. Also, my girl is censored. Click on the picture caption to see the original.

AUTO-RETRATO COM MÃOS EM FRENTE DO PEITO/SELBSTBILDNIS MIT HÄNDEN VOR DER BRUST

Termino com esse auto-retrato do artista, fiquei apaixonado pelas mãos e cabelo da pintura original, reproduzida aqui digitalmente e não exatamente fiel, mas num clima equivalente. A maior atenção foi pras mãos, que basta observar, apresentam toda uma linguagem e mímica através da produção do artista. Schiele fazia auto retratos extremamente estilizados, e a estética que desenvolveu pesava nesse sentido. Acontece que a minha pesou também, e esse desenho se aproximou bastante do meu traço, sem querer. Mas o resultado final ficou okay na minha opinião - Principalmente porque . Saio dessa com Schiele me ensinando a observar e não temer ao experimentar com poses, personalidades e cores, ao mesmo tempo que trabalhas teu estilo. Voltando ao livro, ele explicava o processo criativo, e de como Schiele desenhava sem medo de errar ou de abusar do próprio estilo - desenhava rápido, e quando era o caso de errar alguma coisa, deitava a folha fora e começava uma nova. O livro também fala de como a sua memória visual lhe era útil ao aplicar as cores, que fazia depois de desenhar e sem referências. No geral, uma aula sobre um grande artista, e um encorajamento àqueles que querem produzir e melhorar sua arte, pegando dicas e referências. No futuro, pretendo fazer uma sessão Schiele retratando meu amigo Cezar Andrade - Alto, expressivo e com mãos grandes. A opção perfeita pra não perder a prática com o desenho.

I leave this post with a Schiele self-portrait. The hands and hair really caught my attention in the original, I absolutely loved them and wanted to reproduce it - here in a digital and different paintwork, with me trying to get the original's approach to the matter.  Schiele's portraits are extremely stylized and reconizable, a great treat of his drawings. Turns out my style got into this copy work and in result I got a loose copy, but I'm cool with it, because this Schiele exercise taught me to observe and don't be afraid of trying on new poses and colors. Back to the book, it explained how Schiele could do his portraits without fearing colors and mistakes - when he wasn't satisfied of how the drawings were, he discarded them and started over. His drawings were done quickly, and the colors were added later with no references or problem, because he had good visual memory.  Overall, the book is a great read about a great artist, and an encouragement to those who want to make art and make it better, every time. In the future, I plan to take my friend Cezar Andrade and do a Schiele inspired drawing session. A perfect choice, tall, expressive and with big hands, and a great excuse to practice observation drawing.

PS

Enquanto desenhava e escrevia esse post, estava com o episódio "Art Burn" de Daria na cabeça - o episódio onde Jane entrou no negócio de reprodução de arte trabalhando como copista. Vale a pena assistir esse episódio, apresenta de modo divertido uma lição sobre o quão importante é se espelhar nos grandes mestres, e do quanto se ganha quando incorporamos o aprendizado na produção autoral.

E para os turistas e interessados em história, hoje coincidentemente o twitter @viennawalk começou a me seguir e apresenta dicas de passeios culturais na cidade de Viena, capital da Áustria e berço de Egon Schiele, Gustav Klimt e outros grandes artistas. Eles divulgam o site JUSTVIENNA, para amantes de cultura. Confiram!

 

While drawing or writing the post, I had Daria's "Art Burn" episode in my mind, the one where Jane got into the art reproduction business, working as a hack for a gallery. It's a light-hearted spoof and a lesson on how to put what you learn from the great artists in good use.

For the tourists and people interested in history and art, today I got @viennawalk following me on twitter. Such a coincidence, since I was writing this post about a Viennese artist [and Egon Schiele is just the tip of the iceberg, since Vienna was home of Gustav Klimt and many other great artists]. It promotes the website JUSTVIENNA, wich displays the best of Vienna for culture lovers and busy travelers. It worths checking out!