English

YAN CHI(MERA)

A birthday chimera for Yan Chi

Desenhei e pintei uma quimera pro meu amigo Yan Chi. O desenho é original e assinado e datado, e a moldura é reproveitada das minhas mãos de Dûrer. A peça pode ser pendurada na parede, ou usada como acessório.

Yan Chi em 2018, acessorizado com um broche do meu arquivo pessoal. Cliques meus.

Pra começar e ter idéias, pesquisei quimeras e voltei lá atrás - meu ponto de partida foi essa estátua etrusca. Peguei a pose e daí inventei o resto consultando com a Yan quais animais incluía na criatura - nesse caso leão, águia, cobra e dragão.

GGE.me - YANCHIMERA TIMELAPSE.gif

Uma vez com tudo pronto e fotografado, editei um video do making of. E pra imagem ~promocional, montei um fundo renascentista com um brocado de Bronzino, ornando com o tema e a pintura em si. O photoshop ficou fab.

JIMMY NEIL

2016

Nessa semana meu amigo Cezar me apresentou o trabalho do John Willie, indo da Bizarre Magazine até as influências do cara no estilo da Violet Chachki. Ele se empolgou e produziu artes fetichistas experimentando com manual e digital:

It recently come to my attention the works of John Willie, brought to me by my friend Cezar. He showed me the Bizarre magazine, his fetish work and pointed some connections with Drag Race Superstar Violet Chachki

A photo posted by @schimou on

A photo posted by @schimou on

A video posted by @schimou on

Conversa vai e vem, Cezar me disse que queria uma tattoo inspirada no cara, e me pediu pra elaborar uma versão masculina da capa. Topei, afinal esse é o meu serviço - Go-Guy Express: precisa de um guy? Deixa comigo!

He's got into it and made some Willie inspired art, imagery and video. Then he turned to me to request a male version of the character Bettie, for a tattoo. I loved the idea: Go-Guy Express, need a guy? I deliver!

Trabalhei em 2 partes: Primeiro uma cópia da arte original, e depois uma versão masculina, tentando ser fiel ao mood vintage. Desenhei lado a lado no sketchbook pra poder comparar as figuras. Uma vez pronto batizamos o desenho: Jimmy [na pegada "Bettie"] Neil [uma referência pornô]. Cezar tatuou a imagem com Henrique Costa.

I copied the original drawing, and then did a gender swap, getting familiar with the artist's style. I followed some of the original proportions trying to mimic the vintage style. Once done, we baptized the guy as Jimmy [matching "Bettie"] Neil [there's a porn reference there]. Cezar got his ink by Henrique Costa.

Great Picture

2019

Estou testando meus desenhos como fake tattoos [tenho zero tattoos na vida real], aí lembrei desse e experimentei pra fazer uma surpresa pro meu amigo. Curti.

I’m having fun trying my drawings on as fake tattoos, so I picked this up from the archives to play and make a surprise for Cezar. Here’s the result. I like it.

MARTINI

Esse é o Martini, filho do Cezar, adotado no fim de 2018. Fazia um tempo que o Cezar tava obcecado com galgos, e agora que chegou um na família, pintei uma miniatura de presente.

This is Martini, Cezar’s late 2018 adoption. Cezar wanted an italian greyhound for some time, and now that he’s got one I painted a miniature as a gift for the family.

GGE.me - @calcaireblanc @lebellemartini.jpg

Essa peça é especial por vários motivos - foi a primeira pintura de um pet especifico, e a primeira “jóia” da minha produção, aproveitando uma armação de broche vintage, de prata, e com o vidro original. O broche também é pingente, todo caprichado. Tentei desenhar, pintar e ornar pra ficar bem fino.

This is a special piece for some reasons - it’s the first pet portrait I’ve done, and also my first miniature qualifying as a jewel. I painted it to match a vintage sterling silver and glass frame, wich I got in a flea marke. It’s a brooch and also a pendant. I wanted the piece to be fancy.

Depois de rascunhar e pintar a figura do Martini, escolhi ultramarinho pro fundo - Um azul comum em miniaturas por causa da cor lindíssima e pigmento caríssimo. Usei o mesmo tom num retrato que fiz do meu amigo à moda renascentista em 2016. Agora os 2 têm retratos combinando.

After drawing and painting, I chose an ultramarine background - a typical color found in antique miniatures, because of its noble origins and associations. I used the same blue in a renaissance style potrait of Cezar in 2016. Now he and Martini have matching portraits.

Como é uma peça bem especial, assinei e datei o verso da pintura. Terminado o broche, fiz uma caixinha e ate tentei dar um lacinho, que não rolou. Empacotei e levei pra SP, onde entreguei de surpresa depois de um jantar. Ele curtiu.

The finishing touch is my signature in the back of the watercolor, and because it’s such a special piece, I fancied some latin words in it. Then I packed it in a custom box and surprise gifted my friend after dinner. He liked it a lot.

FUNDIES

for funny peeps!

Late 2018 I found @fundies_undies on IG and I liked it - theyre Netherlandish, LGBTQ, inclusive and green (and the products are really fun!). So as I did with Cacete Company, I slid into their DMs introducing myself and asking if they`d like some drawings. They offered me a deal, and this is what I came up with:

GGE.me-FUNDIES-X.gif

Mobile wallpapers for download - Just select and save the image.


I always think of making things that don’t take forever to finish and also would look good on print, even if it’s a shitty printer - cue clean silhouettes in black&white lineart. I don’t fancy myself as a digital painter, after all. When it comes to selling ideas and stuff, I mostly stick to what I’m better at, wich is drawing.

Fundies is all about the LGBTQ community, so they asked me to draw a trans man. Since it was a deal (exchange of goods and services) and also a first (haven’t had a specific request like this) I came up with a plan and some options - I combined two pictures of myself that didn’t make the cut and stylied it with a underwear that is avaliable at their store.

Fundies has a lot of quirky and colorful items, but I chose these plain B/W briefs because they are recognizable and they come with and without the packer pouch. It’s all about the options, so I could draw and ask for input as I go, and end with multiple illustrations before arriving in what they like best. Here are some variations on the drawing:

Since it was made for Instagram, it wouldn’t be just a drawing - it’s best for it to be also content. Then there’s a design part: I thought about doing stuff that would look good on the feed and in the stories. After I finished the edits and Fundies picked what they liked, I fixed them a static version and matching gif of two separate illustrations:

GGE.me-FUNDIES-TM.gif
GGE.me-FUNDIES-T.gif

The eyes are remixes of the Instagram sticker from Carra Skyes @carraskyes. It exists only on Instagram and it is really familiar, but the non LGBTQ folk may not clock the trans flag colors in the iris. It’s part of the queer pride sticker family, and it ties everything together. Here are the separate designs that make the gif:


FLSH FINAL ACT

08/12/2018, Rio de Janeiro - RJ.

Em Dezembro passei no Rio com artes pra dar e vender - esse par de brincos foi pro casal Rodrigo @fritodeer e Leon @completasso, que me levou no Museu Nacional de Belas Artes (em pessoa), e pra festa Flesh (na orelha do Leon). Leon me prometeu que conseguiria uma foto, dito e feito, arrasou!

Last December I took my art to Rio de Janeiro and gifted this pair of earrings to a fun & friendly couple Rodrigo @fritobear and Leon @completasso, who took me to the museum (in person) and later to a sex party (in Leon’s ear). He promised me a pic, and he got it. Work friend!

As fotos da festa ficaram ótimas: FLSH FINAL ACT - DEZEMBRO 2018 por GATARIA

XX

Nesse verão resolvi fazer algo de diferente, então pintei uma série de pingentes de xinxa. Testei cores e moods, e esses são meus resultados. Nesse fim-de-semana passo no RJ, e levo elas comigo pra vender, muambar e escambar.

This summer in Brazil I’m going to Rio de Janeiro to sightsee and sell art. I´ve worked on this set of XX pendants and I'm happy to say that some pieces are already sold, I’ll only have to deliver. It’s gonna be fun.

WHO IS SHE?

Do luxo ao lixo.

Miniatura no estado original, 09 de Setembro de 2018, e depois da limpeza

Mês passado passeei em SP e comprei uma lembrancinha - um retrato em miniatura achado numa garagem do Bixiga. Apesar de velha e suja, vi qualidade na peça. Ainda mais comparada com as tranqueiras que eu vi por lá:

Um mês depois, curioso pra olhar a pintura de perto, fui abrir a peça - Queria saber se era uma antiguidade ou tranqueira de 1920-40. Se era uma “francesa genérica” ou se era uma francesa de original. E daí começou uma tour no Instagram. Foi legal, recebi dicas e feedbacks, e salvei tudo num destaque “who is she?”.


Abertura e Limpeza/Opening and Cleaning

O verso do quadro tinha um papelão pregado que não fazia parte do conjunto. Removi. Por baixo dele, o fundo original, de jornal. Na frente a redoma é de vidro, a miniatura pintada em osso. Limpei a moldura e o vidro com microfibra, e tirei a poeira da mulher usando um pincel seco.


Moldura e Fundo/Frame and Back

A miniatura foi pintada em osso, e a redoma que a cobre é de vidro, então supus que a moldura, se original, também foi feita com material bom, e não plástico.

Achei vários sinais de que a miniatura não é coisa do nosso século, com a confirmação no verso:

O jornal colado no verso da miniatura é o Clef du cabinet des princes de l'Europe, escaneado e arquivado pela Biblioteca Nacional de Luxemburgo Online. Luxemburgo é um país vizinho da França. Combinou com a cara de francesa dela.

Europa nos 1700s/18th Century Europe

Alem do titulo completo, dava pra ler um pouco da data do jornal - Décembre ___6., e o número das páginas 422 e 4__. Pesquisei as edições de Dezembro das décadas terminadas em 6, e achei as correspondências em na edição de Dezembro de 1756. O jornal/folhetim consistia de noticias sobre politica e tambem fofocas de época, o que deu uma dica pra procedência e círculo social da mulher no retrato.

GGE.me-MMEBACK.gif

Daí passei a tentar traduzir um papel que acompanhava a pintura, uma etiqueta, com uns rabiscos. Suspeitei que o nome e data foram escritos recente, porque parecem de lapiseira, talvez só uma notinha dizendo quem é o dono do retrato, como em primeiras páginas de livro. Mas aí pesquisei e aprendi que lapiseiras já existiam nos 1750, então “Madame Sophie” e “1779” pareciam apontar pra identidade da própria.


Modas/Fashion

A primeira coisa que me passou na cabeça quando eu vi a miniatura na garagem foi que ela era a cara das princesas do MASP, pintadas pelo Nattier. Se eu não comprei uma francesa, comprei alguém com cara de francesa. Francesíssima.

Mesmo cabelo, mesmas modas. Por causa da cara e do jeito dela, concluí que se era um retrato de socialite, ela não era austríaca, escandinava, alemã e nem russa. O jornal de Luxemburgo no verso e o nome Sophie escrito em anexo confirmaram o óbvio.

Logo depois de descobrir essa “Madame Sophie”, um amiguinho disse que googleando “Madame Sophie 1779” saía uma dona com a mesma cara e pose da miniatura. Fui conferir e -surpresa!, era praticamente uma xerox das princesas do MASP porque foi irmã delas!

Madame_Sophie_de_France_en_vestale_(après_1748).jpg

Sofia de França, filha de Luís XV de França. Também pintada por Nattier.

Signature_of_Princess_Sophie_(Philippine_Élisabeth_Justine)_of_France,_Madame_Sophie_in_1753_at_the_marriage_of_the_Prince_of_Condé.png

Sophie tem uns poucos parágrafos na Wikipedia, os editores resumindo que a fia nasceu e ninguém viu, morreu e ninguém deu falta. Tudo faz sentido. Tão esquecida pela história que terminou numa garagem em SP, e não no museu junto com as outras. Agora a acolho em minha humilde residência.

GGE.me x DUOCOCUM

Amigas sem censura.

Meu amigo @schimou resolveu abrir uma conta +18 no Insta pra postar umas sacanagens e começar uma marca. Segui na hora. Daí esses tempos vi essa foto, e resolvi me envolver pintando uns broches celebrando nossa amizade e essa bunda.

I've been following @schimou 18+ IG account @duococum, which is a trip (and a brand). So when I came across a pic of a recent sexcapade of his, I decided to paint some brooches out of it - to celebrate both my friend and this glorious ass.

IMG_1491.PNG

Nas ultimas 2 semanas eu pintei em meu tempo livre (e umas horas durante o trabalho) e postei os progressos nas Stories do meu Insta. Agora terminei 9 broches, que estou vendendo por R$90. Se não vender todos na próxima semana, vou usar o que eu tiver na mão pra abrir uma lojinha no Etsy.

For the last 2 weeks I've been painting in my free time (and sometimes, at my day job) and posting the progress on my IG stories. I just finished 9 brooches, wich I'm selling via Instagram for $35 each. If I don't sell out in the next couple weeks, I'll use them to open an Etsy account.