design

LOGOMANIA

A quick backstory about IZM & GGE.me

Over the years I've tried to work a la Rachel Zoe wearing my illustrator hat, my designer hat and my blogger hat to put my talents on the service of making some money. Btw, I'm wearing the last one while I write this post.

For the last 8 years I lived in São Paulo, biggest city in Brazil, and for the last 4 I've worked on advertisement and online media. Though I never really stopped drawing [since it's what I do well], illustration was never my main source of income. I thought people who get paid to do what they love were lucky.

Guess I didn't really enjoy working as a designer to make a living - it's exhausting and keeps me away from my beloved drawings. And since I had to work 10 hours/day, I didn't have much time to draw, anyways. I spent most of my free time within social & party schedules, with little to no time to focus on that.

Plus, while my illustrations looks great in print [I've got published here and there over the years], I couldn't get onto exhibitions or get many coins as a printmaker. I also spent 2 years without a phone and it kinda difficulted raising awareness to my work, because I couldn't work promote myself.

I don't know if I sound negative or God forbid, ungrateful, swear I'm not. I've learned a lot about design, crafts and myself and made friends with awesome and inspiring people. I've always thought that you can't call yourself an artist if you don't earn your living by it, and you can't make art if you have no time to do so. 

I'm getting a break and I'm living with my family again. Now I don't have to get a regular job, so I figure it's time to put everything I've learned on Go-Guy Express and get to make stuff out of it. I've got time. I really want to pimp my art in any way that I can come up with. This entry shows a bit of what I can do and what I want to do.

While everybody knows the printed press is big on Photoshop, the image making is especially fake in the online media. I've learned a lot making images from the scratch and getting skills to use on my own projects in my time as a graphic designer. 

I set all the pictures for GGE.me by both using stock pictures or illustrating everything from zero. It's a good exercise because it expands my portfolio and helps me displaying not only the pretty pictures, but the different crafts that goes into them.

A video posted by IZM SANMA (@izmsanma) on

That's when the different hats come handy - Last year I came up with the circle star logo featuring Paul, which I drew more than twice. Before that I elaborated the Go-Guy Express type, which dates from 4 years ago.

I think these held out really well over time - they go with everything! Take the rusty pictures for example, they look really good. I also comissioned stamps to decorate letters and packages, love this retro feeling.

A photo posted by IZM SANMA (@izmsanma) on

A photo posted by IZM SANMA (@izmsanma) on

Of course, the "fake till' you make it" works great in digital advertisement, but making these products real can be a bit tricky. Sometimes you just don't have the cash, materials or people to assemble them as you wish. 

Truth be told, I wasn't using the stamps until recently: this week I shipped my first order of tees and stickers. I'm going slowly because I'm in a small city and we don't have many resources here. I'm trying to do my best to work my visions within these limits. 

Another thing I need to work on is my language - While I want to expand as an artist and make a brand out of this work, I don't want to sound pretentious or Miss Fame-y everything while I'm still growing. For now, I think just keeping it real will do.

Also, I've heard and agree that people don't care about brand stories, they care about their story. While I'm not exactly a relatable person, just writing as a real self opens oportunities for conversations. Once engaged, we are part of each other's lives.

And since I moved cities and I'm meeting new people, this is very important. I figured it would be good to tell some bits of it, so people can see where I come from. I'm already meeting interesting people, so I can't wait to discover new possibilities with them.

So, that's my diary for now. Hope you enjoyed it. Back to the main theme - scroll down for my best images via Instagram and be sure to check the LOGOMANIA & XXX galleries for high quality pics of the complete series.

A photo posted by IZM SANMA (@izmsanma) on

A photo posted by IZM SANMA (@izmsanma) on

A photo posted by IZM SANMA (@izmsanma) on

A photo posted by IZM SANMA (@izmsanma) on

A photo posted by IZM SANMA (@izmsanma) on

Shout out to Chris Spooner's blog, where I got these textures, plus, tips on the making. Stamp templates via Graphic Burger & folded paper mockup via Pixeden

TELEPHONE

Esse é o desenho que fiz para a segunda edição do concurso cultural "Homofobia Fora de Moda" da Casa de Criadores. O concurso é resultado de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Cultura (Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias – ACGE), a Secretaria Municipal de Participação e Parceria (Coordenadoria de Assuntos da Diversidade Sexual – CADS) e o evento Casa de Criadores. É a primeira vez que me inscrevo em um concurso desse tipo e porte, então foi um desafio novo para mim. Segue aqui uma dissertação sobre a proposta do trabalho e minhas idéias para a entrada, cujo tema é "Laços Afetivos".

This is an illustration I submitted to the "Homophobia Is Out Of Style" contest, manteined by Casa de Criadores, a creative organization that nurture and promote new talents in the fields of fashion and design. The contest is a partnership between the government of São Paulo and the event Casa de Criadores. It's my first time doing a contest a like this, so I took it as a chance to challenge myself and take it up a notch. The theme was something along the lines of "Human Bonds" and the contest was open for whoever wanted to participate. Here are the ideas behind this piece:

O título completo do evento é Concurso Anual de Novos Talentos na Moda Contra a Homofobia, e para participar cada candidato deve criar uma estampa de camiseta inspirada no tema "Laços Afetivos". Em um ato inédito, serão 40 os selecionados que terão suas camisetas confeccionadas e expostas na Casa de Criadores para que seja decidida a estampa vencedora. Os três primeiros lugares serão anunciados em Junho, na 31ª edição do evento, e ganharão prêmios em dinheiro.

The contest's full name is The Annual Contest of New Talents in Fashion Against Homophobia, and in order to participate one should submit a tee design inspired by the "Human Bonds" theme. The 40 finalists will get their tee designs printed and the apparel will be displayed in the Casa de Criadores space, where they'll be graded. The first three places will be announced in June, during the 31th edition of the event, where they'll receive a money prize.

Confira aqui as 30 estampas selecionadas no concurso passado, de onde sairam três vencedores. Como aconteceu com essas estampas, as escolhidas nessa edição serão produzidas em série e comercializadas, tendo toda sua renda revertida para o Centro de Cultura, Memória e Estudos da Diversidade Sexual de São Paulo. Decidi entrar no concurso pelo prêmio e também para me envolver com as causas de ativismo e consciência social. Daí comecei a formular as idéias.

Take a look at last year's 30 finalists, from which three winning designs were picked. This year the awarded designs will become a real product and it will be up for sale with all the funds going to an important association that deals with sexual diversity. So, since money is always good and I meant getting involved in social causes for a while, these reasons motivated me to enter the contest.  Now up to the ideas!

Pensando em fazer algo simples em termos de traço, e já no formato para o qual se destina [camisetas], adaptei o estilo dos rascunhos de meu sketchbook para uma criação nova e mais fluída. Para levar adiante as progressões na arte e tema de meu caderno de notas, o qual já compartilhei aqui em duas partes documentando variações no traço, tema e estilo, conceituei e editei digitalmente minha proposta adaptando a arte para esse novo suporte, de modo que ao mesmo tempo variasse a produção e continuasse no meu estilo. Compare as postagens da parte 1 e parte 2 com esse novo trabalho e veja as diferenças e semelhanças nessa série.

Thinking about keeping it simple, plus doing something that would be printable [since it's meant to be on a tee], I worked my sketchbook style going for a more clean look. Trying to always push forward in what concerns my artwork, I did the same style I do in my sketchbook but in a different media, adapting my strokes and techniques in order to do something different but that would be still "me". I already documented changes in my lines, themes and style in previous posts, but only a few times I worked from the concept to the end result using only computer software. Scroll through parts 1 and 2 of my sketchbook and notice the similarities and differences between these works.

Além da ilustração, tive que enviar um currículo e escrever um pequeno texto sobre a obra e significado. Como "Laços Afetivos" remete a mais de uma pessoa, a no mínimo dois envolvidos, levei o tema para o lado dos relacionamentos. E daí parti para as palavras-chave e que ilustrariam o conceito: contatoscomunicação, ligações, lembranças e memórias. Como relacionamentos são sempre complexos e às vezes multifacetados, evitei de cair na simplicidade de ilustrar apenas a idéia de um relacionamento a dois e desenvolvi o conceito de relacionamentos diversos que um mantém pela vida - e o estado atual deles.

Asides the original work, I had to submit a resumé and to write a little essay about my piece and its meaning. Since "Human Bonds" speaks about more than one person, about at least two people, I worked the theme under the light of relationships. Then I picked a few words to illustrate this concept: contacts, communication, calls and all sorts of memories. And since relationships are always complicated and goes many ways, I avoided being simple as in illustrating a relationship of two beings - My idea revolved around a person and the multiple bonds it holds during its life - plus their current status.

De modo a produzir uma ilustração destinada a camisetas, tomei liberdades de estilo e economizei espaço ao centralizar diversos motivos em uma ilustração de forte apelo gráfico. Assim, destaquei o conceito em um personagem principal e editei seus múltiplos relacionamentos em quatro figuras menores. Desse modo, a personagem principal na base do desenho está a lembrar de seus relacionamentos passados e atuais - uma mente agitada simbolizada por cabelos fluídos que remetem aos gráficos retrôs black power dos anos 70.

Keeping in mind that this design should fit a tee, I took some liberties concerning style and confined various subjects in a really graphic composition. I saved some space by highlighting a main character and it's multiple relationships in four minor figures. This way I had a subject to serve as the foundation of the drawing, a huge head that literally  has something on it - lots of thoughts simbolized by chunks of wavy black-power-70's-inspired hair.

Os rapazes que estão em meio aos seus cabelos – figura e literalmente em sua cabeça – seguram telefones que simbolizam a comunicação e o status de relacionamento atual destes para com a personagem principal. Alguns estão com os fios cortados, indicando a perda de contato, outros aguardam o toque ou estão indisponíveis. Além do relacionamento com o personagem principal, os fios também se emaranham junto aos cabelos, simbolizando a proximidade e as semelhanças destes, que fazem parte da comunidade gay.

Also, there are four guys tangled in this hair - in his head, figuratively and literally - holding phones that aludes to the communication and their relationship status with the main character. Some of the guys doesn't have wires on their phones, they lost communication; some of them are waiting for the tone or are unavaliable. The hair and the wires also connect these four guys with each other, meaning that they're close for being part of the gay community.

Comparando com meus outros trabalhos manuais, a estética desse é mais clean e fluída, dadas as ferramentas usadas [PaintTool SAI e Photoshop] e o suporte para o qual se destina. A precisão e limpeza dos traços é , em alta ou baixa resolução. Analise esse close das figuras e veja por si mesmo:

Using only PaintTool SAI e Photoshop, one can notice how clean this artwork is in contrast to ink and pen. When in up-close, it's a very striking feature of the overall art. Check this out:

Fora exercitar o traço e o tema, também exercitei a composição, arranjando as quatro figuras que se desembaraçam da mente da personagem em uma estrutura piramidal, indicada pelo movimento dos braços. O símbolo do triângulo aparece subtendido na ilustração aludindo à temática homossexual do trabalho. Um detalhe sobre a estrutura é que girei o triângulo original em 180 graus, para uma conotação positiva, a combinar com a mensagem que o concurso promove.

Another exercise in composition was when I arranged the four guys in a pyramid, by aligning their arms. That's because the triangle is a well known symbol of homosexuality, wich happens to be the strong aspect of the work. The triangle is almost invisible and it has a twist - I turned it upside down meaning a more "positive" connotation, to match the message and mood of the contest.

Particularmente estou satisfeito com esse trabalho, porque saiu exatamente como eu planejava. E por ser uma ilustração digital em alta resolução, pode ser redimensionada e recolorida com facilidade. Confiante no design, testei sua aplicação num template simples de camiseta e gostei do resultado - o que me preparou para um futuro próximo já que a estampa entrou no top 40 do concurso, cuja classificação final sai no próximo mês. Agora fico na espera e fico na espera de que os jurados também curtam. Desejem-me sorte nessa!

I'm very proud of this work because it turned out exactly the way I first meant it to be. Plus, since it's a digital work, I can do many versions of it in all sizes and colors. And in an act of wishful thinking, I did a mock-up of how it would look in a real shirt and it came out very nicely in my opinion - and prepared me in some way to a near future when I'll see it in person since I made it to the top 40 of of the contest. Now I'll just wait and hope the judges like it as much as I did. Wish me luck! The winners will be revealed next month.

SKETCHBOOKING vol.2

O hay~

Retomando o sketchbook, o blog e a vida, enfim. Numa das últimas atualizações daqui apresentei alguns dos desenhos de meu sketchbook, no link SKETCHBOOKING VOL.1: parte YSL, parte Jem e parte garotos copiados de revistas das décadas de 60, 70 e 80. Sobre esses últimos, continuei trabalhando o preto-no-branco para não perder a prática com arte-final e anatomia. E agora mostro mais um pouco do caderno onde os garotos não estão mais tão estáticos graças a estudos de escorços e treino de modelo vivo que fiz no Centro Cultural Vergueiro - a dica é que de tempos em tempos eles oferecem modelo vivo na programação, e o melhor, de graça. Definitivamente um programa interessante para os artistas de plantão.

Ainda usando só lapiseira, nanquim e canetas ponta-de-feltro, o resultado é simples. Rola uma edição digital para melhorar contraste e arrumar algumas linhas para refinar a arte num geral. E uma vez usando o Photoshop para dar um trato nos desenhos, em alguns casos brinquei com a arte original adicionando elementos diferentes e transformando um básico em interessante, como no primeiro desenho abaixo. Vale considerar que há ganhos e perdas nesse processo, pois já ouvi diversas vezes que os desenhos são mais bonitos e delicados ao vivo. Oh vida, julguem por vocês:

Working up my sketchbok, this blog and life in general - oh dear. In one of the last updates I displayed some of my sketchbook works, avaliable at SKETCHBOOKING VOL.1, featuring YSL, Jem and guys I copied from vintage magazines. I drawed these guys mostly to keep practicing anatomy and my lines, and it paid off - this gave me some confidence to try bolder p.o.vs  and shake up the art a little.

I still draw with a mechanic pencil, ink and felt-tip markers, and the result is very simple and clean. Once I scan these drawings, I edit them using Photoshop to fix the brightness, contrast and some lines. And since I ended drawing using the software, I got some ideas to make some of the guys more interesting by adding surprise elements, as in the drawing below, wich I liked very much. Still, I try not to go overboard on the digital manipulation as some people said before that the drawings are more delicate on the sketchbook - meaning the digital version doesn't do them justice. Oh well, see for yourself:

DESENHO ORIGINAL E EDIÇÃO DIGITAL BASEADO EM UMA FOTOGRAFIA DE 1920/ORIGINAL DRAWING AND A DIGITALLY COLORED VERSION BASED ON A PICTURE FROM THE 20'S

SKETCHBOOKING vol.1

O hay~

Muito se discute sobre processos criativos e cadernetas de anotações quando o assunto é ilustração ou ilustradores. No meu caso, não há muito o que comentar porque eu mal rascunho - para ser sincero eu não pego nas minhas tintas sem uma idéia pronta na cabeça e referências nos mínimos detalhes [tipos de roupas, clima de cena, e técnica usada]. Então de um tempo pra cá para não perder a prática no desenho, comecei a usar do caderno em branco da DocDog , presente do meu irmão. Tal caderno tem a capa cinza, cravejada de rebites dourados envelhecidos alternando com novos e cromados, marcador de página com a assinatura da marca, e um papel de qualidade péssima. Enfim, mais que para criar, o uso para fazer anotações e cópias de fotografias e outras artes, principalmente para exercitar a técnica [ou o que dá pra fazer com ela, sendo o material lapiseira, nanquim e umas poucas canetas ponta-de-feltro]. Daí resolvi escanear e tratar as imagens, e venho compartilhar com vocês. Espero que seja interessante. Outros projetos do GO-GUY EXPRESS ainda correm, porém lentamente, devido à minha recém-adquirida nova rotina e volume de trabalhos.

Este post é trazido a você pelo Yves Saint Laurent de 1966, como na propaganda de abertura de sua primeira loja:

On the matter of illustrators/illustration, the sketchbook is a thing that's always brought into conversation, along with the creative process of the author. I can only speak to myself in this matter and I say that my sketchbook isn't that great or interesting or full of ideas as one may imagine. I guess my creative process is kinda lazy or close to non-existant since I don't pick a pencil and draw unless I have a clear picture of what I really want to do [I research a lot and organize the details in my mind - the clothes,  the scene's mood, technique and other relevant things - and then I start drawing]. So, in order to practice drawing and to force myself to draw more I started to make good use of a DocDog pad my brother gave me a while ago. This little book have a gorgeous gray cover with oxided studs, a fancy marker and a really shitty quality paper. But I can make it work, somehow, given a mechanic pencil, ink and a few felt-tip markers. I use it mainly to do copies of other artists and photogaphs, and the results are simple and clean. So I'm posting the drawings I made on this pad, I hope you enjoy them. And if you're wondering, I still draw for the other GO-GUY EXPRESS projects - only in a much slower pace, because of my newfound busy life with a full-time job and the huge ammount of works it brings.

This post is brought to you by 1966's Yves Saint Laurent as seen in his first store advertisement:


VINTAGE YVES SAINT LAURENT, BASEADO NA FOTO DE JEANLOUP SIEFF/VINTAGE YVES SAINT LAURENT, BASED ON A PICTURE BY JEANLOUP SIEFF

JEM E UM CABELEIREIRO, CÓPIAS DE TOM TIERNEY/JEM AND A HAIRDRESSER, TOM TIERNEY COPIES

Acima é o único desenho colorido de meu bloco. Nesse usei algumas canetas pontas-de-feltro e nanquim. Confesso que uma obsessão minha são revistas dos anos 60, 70 e 80. 70 principalmente. Delas copio garotos e tiro notas mentais sobre a moda da época, e na hora de desenhar me limito aos descamisados ou nus - treino de anatomia e observação. Se o caderno não fosse tão pequeno [10x15cm] desenharia-os vestidos em toda a glória dos anos 70 [sapatos plataforma, calças pantalona ou boca-de-sino, camisas estampadas, penteados esdrúxulos, tudo junto]. As pequenas dimensões do bloco não aguentam esse brega todo, infelizmente. Aí vão exemplos desses garotos, THANK YOU FOR YOUR TIME:

The drawing above is the only colored one in the sketchpad. For this I used some felt-tip markers and ink. I must say that I'm rather obsessed with vintage magazines - the 70's are my favorites. I browse through them observing every detail about fashion and the guy's overall apearance, while I take notes about this wonderful time. When it comes to drawing, I pick the shirtless or the nude ones, saying to myself that it'll help on observation and anatomy practice. The pad is quite small [10x15cm], if only it was a bigger size, I would draw these guys in all their fashion glory [platform shoes, bellbottom pants, loud patterned shirts, bad haircuts, altogether]. A little pad can't handle this much kitsch, sadly. There goes some of these guys, TYFYT:

HI! BRAZIL VOL.6 & A PORTRAIT A DAY

HI! BRAZIL vol.6 FEATURING IZM & FRIENDS + GO-GUYs BRYAN GOHEY, CURTIS YU, FELIPPE SOUZA, IVAN CHANG & JOPO KÄRPÄNEN.

Oh boy,

Faz um tempo em que eu não concluía outra coleção de retratos como essa. Então usarei esse post pra colocar em dia meu portfolio e dar algumas notícias.

Estou à procura de emprego e sem muitos resultados por hora - isso ocupa bastante do meu tempo. Daí a negligenciar meu tempo livre, arte e blog é um passo. E tem sido, até agora. Por conta disso a pintura do GO-GUY Curtis Yu leva mais tempo do que achei que demoraria, e minha vontade de desenhar anda em baixa. Até eu dar um basta nisso e me forçar a produzir, o que tenho feito de uns dias pra cá. Como exercício motivacional e de modo a aproveitar meus dias melhor, me forçarei a desenhar mais retratos - algumas horas por dia dedicadas a conseguir mais visibilidade, aumentar meu portfolio e produzir em escala não farão mal. Além disso, o facebook anda bugando direto quando tento atualizar meu álbum que mostra os "POP PORTRAITS",  então concentrar toda a produção aqui é mais fácil, além de manter o blog atualizado e funcionando.

It's been a while since I've done a portrait collection like this. So now I'm updating this post with some new art and talk.

I've been looking for a job for the past month and didn't got much of a positive responde - and I lost track of how to manage my time. Consequences were that I neglected most of my free time, art and updating blog. The painting job on GO-GUY Curtis Yu is taking longer than I ever expected since I got no mood for drawing. Until very recently when I decided to take charge and force me to draw more while I'm at home - at least draw more portraits, since they are nice and simple. It's a motivational exercice and it can't be bad, after all, a couple hours per day that I would spend laying around or getting anxious about phone calls would be better spent expanding my portfolio,  getting more visibility and keeping my autoral work going ahead. Plus, facebook is bugging a lot when I'm updating my "POP PORTRAITS" album, and new images barely fits there.  So it's easier to concentrate everything in one account and keeping the blog running this way.

Recaptulando sobre estes retratos "POP":  até agora produzi 220 retratos, de amigos, celebridades e até pessoas que não conheço por encomenda. E como já disse em posts anteriores, mais retratos, melhor - um retrato quadrado de poucos pixels pode não se mostrar muito interessante, mas combinado com outros por cores, tema ou organizado e apresentado de certa maneira agrega bastante valor. Organizei-os nas coletâneas "HI! BRAZIL" [amigos e conhecidos], "POP TOP" [celebridades] e especiais chamadas "POP MIX", combinando cem retratos aglomerando amigos e celebridades [o primeiro dessa série já foi publicado na China, o segundo estou planejando e montando no momento]. Além dessas tenho uma quarta série que está meio abandonada e que eu chamo de "POP MUG", com celebridades em seus famosos "mugshots" [fotos de batida policial]. Dessa produzi só cinco até hoje: Macaulay Culkin, Marilyn Manson, Nicole Richie, Lindsay Lohan e Paris Hilton:

So, a little recap about my "POP" portraits: until now, I have 220 portraits, featuring friends, celebrities and some people I don't even know as comissions. And as I said in previous posts, when it comes to these portraits, the more the merrier - while a single portrait isn't so interesting on its own, it gets more value when it's mixed and matched amongst others by color or theme. I organize my portraits in the collections named "HI! BRAZIL" [for friends and acquaintances], "POP TOP" [celebrities and idols] and special ones called "POP MIX", in wich I combine a certain number of friends and celebrities together in a 100 people square [the first one of this series were published in China, and the second one is up and coming soon]. Plus, I have a fourth series that I quite gave up working on, called "POP MUG", featuring celebrities in their infamous mugshots. I got five of these until now: Macaulay Culkin, Marilyn Manson, Nicole Richie, Lindsay Lohan and Paris Hilton:

"POP MUG" sample MC2004. "POP PORTRAITS" ... on Twitpic"POP MUG" sample MM2001. "POP PORTRAITS" ... on Twitpic
"POP MUG" sample NR2007. on Twitpic"POP MUG" sample LL2007. "POP PORTRAITS" ... on Twitpic"POP MUG" sample PH2007. "POP PORTRAITS" ... on Twitpic

O gosto por tais retratos pode ser duvidoso, especialmente nessa série que só comecei, mas não mintam - é por isso que amamos celebridades. E com exceção de miss Lohan, uma boa história de dar a volta por cima é admirável. Perguntem aos fans de Britney.

The mileage of the opinions may vary. But don't lie - that's why we love celebrities. After all, except from miss Lohan, we can see and admire a comeback story from the rock bottom from these people.  Just ask any Britney fan, for this matter.

Então, vamos a contar novos retratos. Esse post será atualizado assim que novos retratos chegarem na rede, e ficará no topo da home page até completarem-se 31 retratos. Para os retratos em tempo real, confira minhas contas no twitpic e twitter.

So, let's organize the new portraits. This post will be updated as soon as new portraits hit the web, and this post will be in display at the top of the home page until I reach 31 new portraits. For real time updates, check my twitter and twitpic accounts.

PS

Por conta de no meio do projeto conseguir um emprego numa agência de publicidade e branding, tirei uma semana de folga para me adaptar à nova rotina e aos novos horários de trabalho dentro e fora de casa. Daí marcarei as imagens em série, não exatamente pelo dia, embora eu as desenhe em sequência na medida do possível. Espero que continuem curtindo minhas ilustrações. Muito amor.

During this illustration project I landed a job in a marketing/branding company as an intern in the art department. So I took a week off my autoral work to adapt to my new routine and schedules. Now I'm going to post the pictures as soon as I do them, tagging them by number instead of date. I hope you didn't mind it so much, and also hope you enjoy every new piece. Much love.

"HI! Brazil" sample: Isaac Lara on Twitpic DAY 1, POP ISAAC LARA
"HI! Brazil" sample: Henrique Catalani Twitpic DAY 2, POP HENRIQUE CATALANI
"HI! Brazil" sample: Natalia Fagundes. on Twitpic DAY 3, POP NATALIA FAGUNDES
"HI! Brazil" sample: Berckley Guimarães. on Twitpic DAY 4, POP BERCKLEY GUIMARÃES
"HI! Brazil" sample: Héllen Watanabeon Twitpic DAY 5, POP HÉLLEN WATANABE
"HI! Brazil" sample: Leandro Hajime Higashi on Twitpic DAY 6, POP LEANDRO HAJIME HIGASHI
"HI! Brazil" sample: Yuuki Hatanaka on Twitpic DAY 7, POP YUUKI HATANAKA
"HI! Brazil" sample: Giselle Pham on Twitpic DAY 8, POP GISELLE PHAM
"POP TOP" sample: Soleil Moon Frye as Punky Brewster on Twitpic DAY 9, POP SOLEIL MOON FRYE as PUNKY BREWSTER
"HI! Brazil" sample: Eduardo Medeiros Mota on Twitpic DAY 10, POP EDUARDO MEDEIROS MOTA
"HI! Brazil" sample: Julio Alves Moreira on Twitpic DAY 11, POP JULIO ALVES MOREIRA
"POP TOP" sample: John and Edward "JEDWARD on Twitpic DAY 12, POP JOHN AND EDWARD "JEDWARD"
"HI! Brazil" sample: Lilian Yabase on Twitpic DAY 13, POP LILIAN YURI YABASE
"POP TOP" sample: Andy Warhol on Twitpic DAY 14, POP ANDY WARHOL
"POP TOP" sample: Warhol Superstar Jackie Curtis on Twitpic DAY 15, POP WARHOL SUPERSTAR JACKIE CURTIS
"POP TOP" sample: Warhol Superstar Candy Darling on Twitpic DAY 16, POP WARHOL SUPERSTAR CANDY DARLING
"POP TOP" sample: Warhol Superstar Holly Woodlawn on Twitpic DAY 17, POP WARHOL SUPERSTAR HOLLY WOODLAWN
"POP TOP" sample: Warhol Superstar Joe Dalessandro on Twitpic DAY 18, POP WARHOL SUPERSTAR JOE DALESSANDRO
"POP TOP" sample: Warhol Superstar Jane Forth on Twitpic DAY 19, POP WARHOL SUPERSTAR JANE FORTH
"HI! Brazil" sample: Daniel Nakamura on Twitpic
DAY 20, POP DANIEL NAKAMURA
"POP TOP" sample: Paul Zaloom as Beakman on Twitpic DAY 21, POP PAUL ZALOOM as BEAKMAN
"POP TOP" sample: Mark Ritts as Lester on Twitpic DAY 22, POP MARK RITTS as LESTER
"HI! Brazil" sample: Nielson Junior on Twitpic DAY 23, POP NIELSON JUNIOR
"HI! Brazil" sample: Laerte Neto on Twitpic DAY 24, POP LAERTE NETO
"HI! Brazil" sample: Evandro Quevedo on Twitpic DAY 25, POP EVANDRO QUEVEDO
"HI! Brazil" sample: João Victor Macedo on Twitpic DAY 26, POP JOÃO VICTOR MACEDO
"POP TOP" sample: Levni Yilmaz on Twitpic DAY 27, POP LEVNI YILMAZ
"HI! Brazil" sample: Felipe Agne  on Twitpic DAY 28, POP FELIPE AGNE
"HI! Brazil" sample: Pri Rezende  on Twitpic DAY 29, POP PRI REZENDE
"POP TOP" sample: Tia Branca on Twitpic DAY 30, POP TIA BRANCA

DESIGNER RESIDENTE

Usarei esse post para mostrar algo de diferente. Algo mais pessoal, e portfolio profissional de alguns trabalhos que fiz enquanto na agência de publicidade Onoma Comunicação, na qual trabalhei de Abril à Agosto desse ano [2011] com a principal cliente sendo a Tania Bulhões Perfumes. Fiz parte da equipe de criação como designer residente, o que quer dizer que trabalhava em grupo recebendo briefings de clientes e desenvolvendo soluções para eles, encarregado de software, layout, redação e da parte gráfica no geral.

Ainda não cortei vínculos com a agência - trancamos o escritório físico e agora trabalho numa base freelancer. A experiência valeu a pena até agora - vivenciei muitos dos apertos que um designer em formação passa.  Meu trabalho envolvia principalmente montar e-mails marketing, e diversos materiais promocionais - para web ou físicos.

Poderia-se dizer que estes são trabalhos que faço ou posso fazer por dinheiro, já que ainda não tenho quem me contrate para ser ilustrador em tempo integral - afinal, contas têm que ser pagas - mas isso é muito simplista. Eu tenho um lado artístico, mas não vivo pra ele - não me importo de exercitá-lo em horas vagas. Trabalhar em uma agência me deu perspectivas de ter um emprego de verdade, obrigações reais, e a satisfação de colaborar e produzir para o mercado vendo resultados em minha frente quando no disparo de um e-mail ou passando na frente da vitrine de um shopping.  Contanto que eu ponha em uso criatividade e habilidades nas ferramentas, não há muito o que eu não me incomode de fazer. Além de tudo, trabalho é trabalho - ora essa, sabendo usar as ferramentas, tendo disposição de aprender e exercitar conhecimentos, porque não?

Tendo em mente que no manual de identidade visual da Tania Bulhões as cores são especiais como o dourado Pantone e outras cores que o computador não consegue reproduzir, mas que em meio impresso são vistosas e interessantes, vamos à algumas peças promocionais, como os e-mail marketing de campanha de dia dos namorados. Para o primeiro, adaptação de arte já existente [anúncio antes produzido por outra contratada]. Segundo e terceiro tratamento de imagem, concepção de layout, diagramação e redação:

E-mail marketing - Adaptação de arte/Photoshop

E-mail marketing - Recorte e tratamento de imagens, diagramação e redação/Photoshop

E-mail marketing - Recorte e tratamento de imagens, diagramação e redação/Photoshop

Exemplos de peças promocionais da campanha de dia dos pais. Tratamento de imagem, concepção de layout, diagramação e redação:

E-mail marketing - Recorte e tratamento de imagens, diagramação e redação/Photoshop

E-mail marketing - Recorte e tratamento de imagens, diagramação e redação/Photoshop

Grande parte do trabalho depois da identidade visual ser concebida para os emails marketing e campanha é reciclar e adaptar a arte para novos formatos, como banners para blogs e websites. Aqui seguem de exemplo as adaptações de arte do primeiro email marketing de dia dos pais, para display na homepage TB Perfumes:

Recorte e tratamento de imagens, diagramação e edição de conteúdo/Photoshop

Recorte e tratamento de imagens, diagramação e edição de conteúdo/Photoshop

E claro, uma vez dentro da agência e com os pedidos do cliente resolvidos, cabe a proatividade de desenvolver idéias e oferecer para o cliente no tempo livre. Aqui vão algumas idéias rejeitadas, como o projeto de campanha de inverno contendo um cartaz e email marketing com arte adaptada:

Cartaz - Recorte e tratamento de imagens, diagramação e redação/Photoshop

E-mail marketing - Recorte e tratamento de imagens, diagramação e redação/Photoshop

Projeto de campanha anunciando o catálogo virtual do site TB Perfumes, o qual fiquei contente por achar uma solução simples, e no meu conceito e dos colegas de equipe, e que passe a mensagem de um jeito claro:

Anuncio - Recorte e tratamento de imagens, diagramação e redação/Photoshop

Anuncio - Recorte e tratamento de imagens, diagramação e redação/Photoshop

Quando um layout não é aprovado, não necessariamente significa que a idéia é ruim ou que o domínio das ferramentas e linguagem é deficiente. Mesmo quando se pensa que a solução apresentada para a proposta é a cara do cliente, acontece do próprio fazer o descarte - afinal, uma coisa é se colocar no lugar do cliente, outra é ser o próprio. O tino e a suposição levam até certo ponto, mas o veto ou aprovação não partem de nós. Aqui vai mais uma opção de layout para anúncio rejeitado, onde fui pro completo oposto de simplicidade:

Anuncio - Recorte e tratamento de imagens, diagramação e redação/Photoshop

Valeu a tentativa, enfim. Uma coisa que acontece bastante pelo que ouvi dizer de colegas designers residentes em agências é de quando os clientes tem o layout na cabeça, as cores, fontes, esquemas gerais, e não o domínio de software para efetivamente produzir a peça. Esse email-marketing foi nesse caso, o layout veio mais ou menos pronto, e só tive que dispor tudo com fidelidade. Tenho minha opinião quando a peça é finalizada, mas a guardo para mim. Se foi pedido desse jeito, nos mínimos detalhes, e está pago, quem sou eu para opinar.

E-mail marketing - Recorte e tratamento de imagens, diagramação e edição de conteúdo/Photoshop

Um dos últimos trabalhos que fiz foi um gift card promocional. Tendo em mente o design que veio da cliente para o e-mail marketing anterior, e acompanhando as mudanças de diagramação e identidade visual, arranjei as informações num esquema parecido:

Cartão promocional - Diagramação e redação/Illustrator

Ace.

THE GREAT BIG BOOK OF FASHION ILLUSTRATION - FOLLOW UP

Este post é uma continuação do primeiro post onde comentei de minha participação no Great Big Book of Fashion Illustration. E agora que o livro saiu pra despacho de acordo com a editora, quero expor quais trabalhos meus figuram nas páginas de lá - São quatro ilustrações. E também alguns extras e comentários sobre a criação e confecção das ilustrações.

As a follow-up to this post in wich I proudly announced that I would be featured in the Great Big Book of Fashion Illustration and what's the book about, I'm updating the info on my participation. And now that the book is out and ready to be dispatched around, I would like to show what pieces made into this compilation - four works, and also to tell you a little about the illustrations.

Lembrando que o livro é um catálogo colaborativo e que o editor Martin Dawber não comissionou nehuma ilustração, apenas as escolheu de meu arquivo, algumas delas são bem antigas, mas não menos queridas ou interessantes no ponto de que como as colocarei aqui em ordem cronológica, e não de aparição no livro - pois ainda não tenho minha cópia - a fim de mostrar a evolução do meu traço e técnica.

Keep in mind that the book is a collaborative catalog, and Martin Dawber, the main editor, didn't comissioned anything - he just picked what suited his interests best from my illustration catalog. So some of the works are rather old, but nonetheless deary or interesting. I'm gonna display them chronologically so then I can comment on the theme and skills evolutions.

WINNER [18] WILLIAM [21] W.W.Jr [22]

Esse trabalho mostrando três garotos em street foi baseado num look que vi no site hel-looks.com, onde três garotos finlandeses gabavam-se de usar "cinco metros de pano" diariamente.  Em cima disso eu desenvolvi outras personalidades compartilhando esse estilo. Feito com lápis, nanquim e texturas adicionadas no Photoshop, marca uma linha antiga de meu trabalho. Eu ainda estava na faculdade de Artes Visuais na Unesp, e foi a minha primeira tentativa de incorporar minhas ilustrações em um contexto - Contexto esse a revista fictícia "GO-GUY EXTREME", uma revista simples pra web em português onde eu apliquei minha produção em um contexto:

This work is based on a look I saw at hel-looks.com website, in wich three finnish guys said they wouldn't step out of the house in less than "five meters of fabric". Based on the picture and this context, I developed fictional personalities for them sharing the same style. I made it with pencils, ink and Photoshop textures. By that time I was studying at the Visual Arts university, and it was a first try on incorporating my illustrations in a subject and a purpose - With a bunch of illustrations like this, I made the "GO-GUY EXTREME" fictional magazine, in Portuguese, where I displayed my line of work in a context:

GO-GUY EXTREME

Sempre fui interessado em street fashion e consumidor de revistas do tipo - Tenho vários exemplares das revistas STREET, TUNE, FRUiTS, men's egg e outras [links para todas essas e mais disponíveis na página LINKS], e minha produção faz muito tempo envolve esse tema. Daí fazendo ilustrações soltas no esquema baseado em figuras publicadas ou montando as minhas próprias, resolvi dispô-las em uma revista como exercício de design e para aumentar meu portfolio. Agora não tinha mais ilustrações soltas, elas estavam dispostas em um contexto e servindo a um propósito. Olhando hoje em dia, o resultado foi bem rudimentar, pois é um trabalho antigo e eu não tinha conhecimentos teóricos em identidade visual e diagramação, mas não foi de se jogar fora: valeu o exercício, e as idéias e experiência que consegui com isso me ajudaram a achar meu caminho e interesses profissionais e de carreira. Um tempo depois iria me transferir para a faculdade de Design, para conseguir toda a técnica  o teórico que eu tanto quero e preciso, aumentando minha área de atuação e produzindo de um modo mais direcionado. Essa revista fictícia foi o embrião do projeto e site GO-GUY EXPRESS, o qual vocês vêem agora, de identidade visual melhor definida e um teórico e bibliográfico bem delineados acessíveis na página ABOUT/SOBRE GGE.me.

I've always been interested in street fashion and huge in collecting magazines about it - I own many copies of  STREET, TUNE, FRUiTS, men's egg and many others [links for these publications and several others are avaliable at the LINKS page] , and this interest reflected in my line of work. So I had all these illustrations with these real or original characters, and I developed this fictional magazine to include them in a context as a design exercise and also to expand my portfolio range. Now looking back, everything was pretty rudimental, but served as a learning experience - I had no clue about the theorics of visual identity or layouts, but by doing it in my way I figured what I'd like to do and what truly interested me in a professional field. A while later I would be going to a Graphic Design university in order to get the base I so sorely wanted and needed. This magazine was the first step on what today is the GO-GUY EXPRESS website project. What I'm doing today with this blog and my illustrations have a purpose, an identity and a heavy theoric base displayed in the ABOUT/SOBRE GGE.me page.

KANG'IN

Kang'In, 2008. Também à lápis, nanquim e Photoshop, marca um exercício em realismo. Ou um próximo que eu pode chegar nisso, dada a época e minha técnica. Esse trabalho foi encomendado por uma pessoa que conhecia minhas galerias online, e era fan de Super Junior - Eu não conhecia nada de SJ ou do próprio Kang'In, mas estavam pagando, vamos lá, tentar fazer o meu melhor. O cliente ficou satisfeito com o conceito e o trabalho que desenvolvi, e um tempo depois fiquei até surpreso dessa ilustração ser cotada para inclusão no livro. Imagino em qual categoria ele saiu, talvez "Beauty and Glamour" na sub de "Cute Guys" ou "Eye Candy"...

Kang'In, 2008, pencils, ink and Photoshop. This one is an exercise on realism - or the best I could do at that time and age considering my skills. A Super Junior fan wrote me asking for a Kang'In portrait and I agreed to develop an illustration of him, even though I never have heard of the singer. But since I got some money off of this deal, I did my best to create this piece. The client was pleased with the overall concept and appearance, and later I was surprised it would be included in the book. I wonder in wich category it figures in, maybe in the "Beauty and Glamour" index, "Cute Guys" or "Eye Candy" subcategory...

HI! BRAZIL vol.2

Ainda de 2008, esse é o terceiro trabalho que figura no livro, e o meu maior orgulho pois ele ocupa uma página inteira. E também porque a carga pessoal e história desses retratos é uma grande parte de minha produção autoral. Dadas as dimensões do livro [25x25cm] e julgando pela prova de teste impressa que tenho dentre meus arquivos, imagino que a versão do livro está bem bonita e vibrante. Para mais informações sobre as séries de retratos que comecei em 2008 ano e não parei até hoje, acesse o link sobre POP PORTRAITS SERIES.

Still from 2008, this is my third work figuring in the book, and I'd say it makes me really proud because it's a full-bleed page. And also because it's one of my personal favorites in my line of works - I started these collections of portraits of friends in 2008, and didn't stop until this day. I keep making new friends and drawing new people, and I love it so much. Giving the book dimensions [25x25cm] and the printed version I have at home, I think it will figure beautifully in the book. For more info about the POP PORTRAIT SERIES, please check the link.

 

egg DRESS REHEARSAL - ANYA P.

Agora temos um trabalho de 2010. Reparem em como a técnica de lápis, nanquim e texturas de photoshop foi levada a um novo nível. E o diferencial de que agora aparece moda de verdade, no sentido de que já colocava peças de designers reais em meus desenhos. Eu desenhava essa garota "Anya P." desde 2007, e ela apareceu na revista fictícia GO-GUY EXTREME. Eu tinha criado em separado algumas personagens para exercício de criação, onde as personalidades delas já estavam definidas, e algumas histórias também. Anya é uma delas. Alguma hora eu pretendo desenvolver um mangá ou história com elas, mas enquanto isso não acontece, vou melhorando meu desenho e adquirindo mais informações e cultura, e pesquisando para que o resultado saia bom quando eu começar o trabalho. Estava então experimentando com o estilo das personagens, ficando essa ilustração de arquivo e data sheet para ela.

Quando eu produzi esse desenho, estava maratonando o seriado Gossip Girl e fazendo protótipos de meus personagens, então baseei as proporções de Anya na personagem Jenny [Taylor Momsen]. Pernas longas, e proporções enfatizadas pelo vestuário. Daí fazendo o styling com peças reais e criando um pouco em cima disso, o desenho estava pronto. Aí vão os dados do estilo:

REFERÊNCIAS REAIS: Lenço: Hermès Cheval Surprise por Dimitri Rybaltchenko Botas: Balenciaga Bolsa: "Coco" by Alexander Wang
PEÇAS DESENHADAS POR IZM: Vestido e Meia-calça

Now it's a work from 2010. Note the improvement in the pencils, ink and textures work. Better skills are displayed and finally some real fashion in the sense that she's wearing mostly real designer pieces and I did her styling. I first draw this girl "Anya P." in 2007 and she figured in the GO-GUY EXTREME fictional magazine. I had these bunch of original characters developed for a while, and was always drawing them and exercising my skills. Sometime I want to develop a manga or storyline for them. But while it doesn't happens and I'm not drawing, I'm always reading, watching something, or doing some research. I was experimenting some styles for my characters, and practicing what I think it fits best for all of them. This illustration serves as archive, a data sheet for the character.

I was in a marathon of Gossip Girl while doing these prototypes, so I modeled Anya's body after Taylor Momsen's character Jenny. It worked well, I think. Legs for days fits Anya, and after all, everything is valid while its practice, and if it looks good, then it's all good. The fashion styling is all by me. Here's the fashion data:

REAL LIFE REFERENCES: Scarf: Hermès Cheval Surprise by Dimitri Rybaltchenko Boots: Balenciaga Duffel Bag: "Coco" by Alexander Wang
IZM's OWN GRAPHIC WORK WARDROBE: Dress and thights: by IZM [especially matching the dress]

A inclusão de Anya no livro me deixou especialmente satisfeito porque fora o desenho dela, eu também havia desenhado mais três personagens no mesmo estilo, técnica e com as mesmas bases de figurino real misturado com peças que desenhei de cabeça a fim de combinar com o desenho. Acho que mesmo com uma base mangá, os trabalhos estão bons e retratam com fidelidade as peças e acessórios - presto atenção aos caimentos, detalhes e texturas de tudo. E acima de tudo, eles mostram um progresso meu também como pessoa: Sem pesquisa, interesse e saber o que existe por aí que posso incorporar em minha arte, não há essa evolução e melhora no trabalho. Deixo aqui os outros três desenhos dessa série - Hanada Momoko, Ryosuke Imai e Marina, com os dados em ordem, da esquerda para direita:

The inclusion of Anya in the book got me proud as an artist because it belongs to a serie of drawings I made featuring my original characters in the same technique and theme - real designer pieces mixed with whatever I would make up to fit the character's style. And I guess that even the illustrations being heavily manga-styled as they are, in a way they're very good  as long as the drawing skills and lines go, plus, the accessories and clothes are drawn with attention to the cut, details and textures.  Above all of it, I think one important point to be made about them is that they reflect a personal growth as an artist and as a person: Without the research and interest, I couldn't improve my art and incorporate the real elements in it. My work gets better as I get better as a person. So I'll leave you with the three other drawings from this series - Hanada Momoko, Ryosuke Imai and Marina, with the fashion data related to each drawing, in this order:

REAL LIFE REFERENCES: Dress: Modified Marc by Marc Jacobs Dita Lace Dress Capelet Crop Jacket: Modified Trina Turk 

IZM's OWN GRAPHIC WORK WARDROBE: Purse, hair bow, thights, ring, shoes, clover and roses necklaces: by IZM [specially matching the dress]

 

REAL LIFE REFERENCES: Bag: From Men's Knuckle JAN10 Leather Jacket: BESS NYC 

IZM's OWN GRAPHIC WORK WARDROBE: Boots, shirt, pants and accessories: by IZM.

 

REAL LIFE REFERENCES: Bag: Day Tripper - See by Chloé 

IZM's OWN GRAPHIC WORK WARDROBE: Dress, coat and pumps: by IZM

 

Bem, deixo então por aqui esse post, com um extra. Obrigado por acompanharem até o fim, aos interessados. Aí vai uma ilustração inédia também de 2010, de Hanada Momoko, a personagem acima, em estilo mangá e à cores, usando laço TRALALA, bolsa Miu Miu e vestido por mim. Espero que gostem. Muito amor.

So, thanks for reading until here. I'll leave this post with a 2010 drawing that I haven't displayed around, featuring my character Hanada Momoko in manga style, wearing a TRALALA bow, Miu Miu clutch bag and a dress by IZM. I hope you enjoy it. Much love.

LADY GAGA: DRAWN THIS WAY

Nessa semana duas coisas importantes aconteceram: renovei o domínio GGE.me e foram escolhidos os finalistas da segunda rodada do concurso Lady Gaga: Drawn This Way [não estou entre eles, a V Magazine rejeitou meu e-mail pela segunda vez, mas postarei o desenho aqui, enfim, pra quem não viu, já que gostei do trabalho]. Sobre o blog, tenho um ano todo de postagens pela frente, e isso é bem motivador, considerando que eu estou efetivamente blogando faz somente um mês, e agora quero por o dinheiro do domínio em bom uso. Sobre o concurso e os critérios de seleção, já reclamei horrores no ONTD, então não me repetirei por aqui. Confira o desenho abaixo!

Two important things happened this week: I paid for another year of the GGE.me domain and the finalists of Lady Gaga and V Magazine contest "Drawn This Way" were chosen. I'm not one of them, V Magazine didn't get my mail again, but I'm posting the drawing here since I liked it anyways. After all, as in Hi Fashion $9.99 song, I don't give a crap if you don't like my art because I know it's amazing. As for the website domain, I'm pretty excited, since I paid for it last year and has been blogging only in the past two months - so I'm quite motivated and optimistic. As for the contest, quality of submissions and other matters, I already discussed that on ONTD and I don't wanna repat myself, so I'll spare you of a second bitching session. So, anyways, here's the illustration, I hope you enjoy:

"TECHNICOLOR SPACE UNICORN GAGA" DISPONÍVEL COMO PÔSTER NA GALERIA URBAN ARTS/AVALIABLE AS A POSTER VIA ARTFLAKES

THE GREAT BIG BOOK OF FASHION ILLUSTRATION - PREVIEW

Olá!

Tenho notícias muito empolgantes - pelo menos pra mim - que chegam a compensar pela falta de updates desse fim-de-semana, começando pelo GO-GUY 005 - Alceu Schmidt que fica pra essa. Ou nem tanto, assim espero. Enfim, vamos às boas-novas: Esse fim-de-semana eu recebi um email do Martin Dawber, um autor inglês de vários livros sobre ilustração, estilo e imagem. Nos correspondemos faz um tempo, e tudo começou com ele me perguntando se interessaria colaborar com materiais para uma futura publicação, "The Bigger Book of Fashion Illustration", que é uma extensão do seu famoso projeto "The Big Book of Fashion Illustration" [2008, capa abaixo]. Agora, um ano e vários emails depois, Martin me escreve pra contar sobre os progressos do livro, que está se encaminhando para ser publicado, finalmente. O projeto deu certo, e com tudo se encaminhando, tenho uns detalhes sobre a publicação, pra compartilhar com interessados:

Hello!

I have exciting news - for me, at least - that almost compensates for the lack of updates this weekend, starting from GO-GUY 005 - Alceu Schmidt - not really, I hope. Anyways, good news: This weekend I got an e-mail from Martin Dawber, a british author of several books on illustration, style and image. We've been in touch for a while, since he first mailed me asking if I would like to contribute with some of my artwork to his new publication, "The Bigger Book of Fashion Illustration" wich's a sequel to his famous "The Big Book of Fashion Illustration" [2008, front cover below]. A year and several emails later, Dawber wrote me to confirm that the book is well on its way to publication. The deal worked out and I got some details to share about this publication.

Assim como no primeiro livro, o propósito desse segundo é trabalhar como um catálogo visual e arquivo de desenho e ilustrações contemporâneas que remetem à moda. Não é um livro do tipo manual ou de comentários, mas sim de referênias visuais para mentes criativas se voltarem a fim de conseguir inspiração e influência pro seu tabalho. Se você já conhece os outros títulos de Martin, sabe que as áreas que eles englobam são das mais variadas, e o foco não é a classificação e estereotipização dos artistas em e na área da moda. A seleção e apresentação dos trabalhos se dá pelo ponto de vista do autor, e englobam tanto mídias tradicionais como digitais. Para Martin, tudo é válido para se expressar.

As it happens to his first book, the second book's remit is to operate a visual catalogue & directory of contemporary drawing and illustration practice related to fashion. It it will not be a 'show-and-tell' book but more of a visual source book for creatives to dip into to gain insight and inspiration for their own work. If you are familiar with Dawber's earlier books you will know that its' catchment area is very wide and they do not follow the prescriptive titles that are often forced onto artists particularly in the area of 'fashion'. The author's own interpretation of fashion illustration stretches from traditional hand drawn, ink, paint via the medias of collage and mixed media through to contemporary digital practices [Adobe Photoshop & Illustrator through to 3-D Studio Max].  All is valid media for illustrative expression.

Como já disse, o livro está no caminho para ser publicado em breve. Nesse meio-tempo o título original foi alterado para "The Bigger Book of Fashion Illustration" porque os editores americanos não gostaram da palavra "bigger" num título de trabalho. Vai entender. Agora o título de trabalho é "The Great Big Book of Fashion Illustration". Será um livro de grandes dimensões [25x25cm] de 416 páginas coloridas contendo de 800 a mil ilustrações. Será publicado primeiramente no Reino Unido, pra distribuição mundial em seguida. O livro é dividido em categorias [capítulos] que cobrem Womenswear, Menswear, Acessórios dentre outras [compilei a lista de capítulos abaixo, sujeita à mudanças já que essa eu peguei em um dos primeiros emails de Martin, datando do ano passado]. Cada capítulo é subdividido em grupos de ilustração específicos [por exemplo, Acessórios incluirão Bolsas, Sapatos, Chapéus, Jóias, etc.]. O livro apresenta o melhor do talento de hoje em dia - com amostras de 300 a 350 colaboradores espalhados pelo mundo. Tal catálogo funciona como um serviço de 'páginas amarelas', uma listagem e compilação de artistas e exemplos de seus trabalho que ajudam, por exemplo, a diretores de arte procurando por um tipo de trabalho que se encaixe em sua proposta - e o melhor de tudo, conseguindo os contatos do artista na sessão que os apresenta.

As I said, the book is well on its way to publication. The working title had to be changed from "THE BIGGER BOOK OF FASHION ILLUSTRATION" because the American sales team did not like the use of the word BIGGER in the title [right].  So it has now be titled, "THE GREAT BIG BOOK OF FASHION ILLUSTRATION". It will be a very large format publication [25cmsx25cms] at around 400 full colour pages hosting around 800 - 1,000 illustrations!  It will be published in the UK for worldwide distribution. The book will be broken into generic headings [chapters] covering; Womenswear, Menswear, Accessories, etc. [I compiled below the chapters' names as they were in Dawber's earlier emails, so changes may occur]. Each of these will then be broken down into groups of illustrations [ie: Accessories will include: Bags, Shoes, Hats, Jewellery, etc.].  It features the best of the current talent - around 300 - 350 artistts & illustrators from all over the world.  The book will function like a 'yellow pages' dictionary so that Art Directors looking for a particular type of illustration will be able to go straight to that particular section and then contact the individual artist direct.

WOMENSWEAR bridal; evening; casual; shopping; socialising, at home, etc. MENSWEAR evening; casual; shopping; socialising, at home, etc. CHILDRENSWEAR smart; play; school, etc. ACTIVEWEAR sportswear, gym, work out, beach, health, etc. TRIBES streetwear, youth culture, music, gays, etc ACCESSORIES bags, shoes, hats, jewelry, etc. BEAUTY & GLAMOUR lingerie, cosmetics, hair, nails, grooming, eye candy, cute guys, etc. SKETCHBOOK roughs, preliminary drawings, prototypes, notebooks, outines, etc.

Então, como colaborador, quero compartilhar aqui algumas novidades sobre esse livro, projeto e meu trabalho. Mas não em detalhes, pois quero ver com meus próprios olhos como tudo estará no papel. Daí eu comento melhor. Acontece que sairei nesse livro com quatro ilustrações, uma colorida e de página inteira, de um dos trabalhos da série "POP PORTRAITS", e três ilustrações em tons de cinza. Não comentarei a fundo ou apontarei quais ilustrações foram pro livro, mas deixo aqui sua capa e contra-capa, como recebi do autor [clique pra abrir numa nova guia]:

So, as a colaborator, I can give you first-hand news about this project and my work. But not much details tho, because I want to see with my own eyes how everything turns out, then talk about it. I'll be featured in four pages, one's a full bleed of a colored work from the "POP PORTRAITS"  series and three black-and-white illustrations. I won't tell more about wich illustrations got in the book, for now, but I'll give you the book cover design, as I got from the author [click to enlarge]:

A capa é de Robert Tirado, e a contra-capa é da Esra Caroline Røise. A publicação será em primeiro de Setembro no Reino Unido, e a partir de 4 de Outubro nos Estados Unidos. Havendo a possibilidade de eu arranjar umas cópias pré-lançamento, espero reportar aqui sobre como tudo saiu.

The cover is from Robert Tirado and the reverse artwork is by Esra Caroline Røise.  The publishers are looking at a publication date of September 1st [October 4th in US]. There will be advance copies before that date, so I hope I can check it out and report here first-hand.

Estou bastante empolgado do progresso das negociações e do livro darem certo, e de certo também estou feliz de fazer parte disso. Será minha segunda vez publicado no meio editorial/artístico fashion [a primeira sendo quando saí na revista SHOPPING&SHOPPER, scans disponíveis na página de PUBLICAÇÕES]. Mal posso esperar pra colocar minhas mãos em uma cópia. E daqui vou, me empolgando, inspirando e sonhando de num futuro próximo colocar mais ilustrações e talvez meus GO-GUYs no papel. Afinal, o trabalho não acaba por aqui. Falando nisso, a desenhar me vou agora.

I'm so excited that everything worked out so far, and I'm glad for being part of it. It'll be my second venture in the fashion publications world [the first one was in the chinese magazine SHOPPING&SHOPPER, you can check it's issues in my PRESS page]. Can't wait for putting my hands on this. And here I go, hoping in the future I can put more work and my GO-GUYs in the paper. The work doesn't stops here. Off to draw I go~

PS: O livro "The Great Big Book of Fashion Illustration" já pode ser encomendado pela amazon.com no sistema de pré-vendas. Garanta o seu se puder, pois é um material de referência incrível - Inspiração em cada página. Ainda sobre inspiração, andei pelo deviantArt procurando grupos de ilustração e moda que não estivessem saturados de anime [irônico, eu sei, mas consideremos que muito do mangá e anime de lá vem de fãs empolgados, e não necessariamente se compromete com qualidade ou técnica] e enfim encontrei o The Heart of Fashion, onde entrei de colaborador e fiz amizade com alguns membros. Se procuras um material específico e mais de qualidade, por hora essa é minha indicação. Não espere um convite, clique join por lá!

PPS: Enquanto navegava deviantArt afora, procurei por trabalhos e pessoas que saíram no primeiro livro ou que contam em sair no segundo, e encontrei só uma pessoa, Lisa Teng, que participou do "The Big Book of Fashion Illustration" em 2008. Reposto aqui os trabalhos dela que foram pro livro, devidamente linkados para a galeria dela. Um exemplo de trabalho totalmente diferente do meu, que ainda está no tema, e que pode dar uma idéia da gama de diferentes estilos encontrada nessas compilações.

PS: Martin Dawber's new book, the "Great Big Book of Fashion Illustration" is on pre-sale at amazon.com. I wouldn't miss this inspirational material, so get your copy in advance in case the stocks run out. Also, talking about inspiration, I've been wandering around deviantArt and joined a few groups, and got excited about joining The Heart of Fashion club, in wich I saw a lot of cool works and socialized with some cool members. It can be a bummer searching for fashion groups wich aren't anime related and presents high quality material, so for now it's my pick and it's also a tip. Don't wait for an invitation, join us there!

PPS: While I was going through deviantArt archive, I searched for people and works featured in Martin Dawber's collections. I only found Lisa Teng's works, wich were featured in 2008's  "The Big Book of Fashion Illustration". I'm posting her works and original links to illustrate the range that Dawber's books cover. Different people, styles and talent all over the pages. This book is definitely a keeper.

GO-GUY 004 - JUJIIN BENTLEY SAMONTE

GO-GUY: JUJIIN SAMONTE by IZM

JUJIIN VESTE ARANHA DISCO CUSTOMIZADA, JAQUETA TONY LA MARCA, JEANS CHEAP MONDAY, PLATAFORMAS RICK OWENS E ÓCULOS MAISON MARTIN MARGIELA/JUJIIN WEARS DIY DISCO SPIDER, TONY LA MARCA JACKET, CHEAP MONDAY JEANS, RICK OWENS WEDGES AND INCOGNITOS BY MAISON MARTIN MARGIELA

PERFIL/PROFILE

JUJIIN SAMONTE 27 Makati, PHILIPPINES

CONTATO/CONTACT: twitter: @jujiin facebook: Jujiin Samonte blog: The Boy Who Cried Chos

OCUPAÇÃO/JOB: Stylist e fotógrafo. Stylist and photographer.

 

O HAY! Pra quem percebeu, não postei semana passada. Finalmente consegui um emprego, e usei a semana pra me adaptar à nova rotina. Usei o tempo extra que consegui não me preocupando com o blog e formatando posts no Wordpress, pra dar uns toques especiais no desenho que posto agora. Espero que curtam!

O GO-GUY EXPRESS essa semana apresenta Jujiin Samonte. Assim como o último GO-GUY, Alvis Lau, eu já acompanhava a evolução do look e aventuras no mundo fashion de Jujiin pelo LOOKBOOK.nu. Quando minha conexão colabora, eu visito o seu blog, portfolio e flickr, sempre inspiradores e cheios de trabalhos interessantes - sejam customizações, design gráfico, fotografias, ataques de DJ e produtor ou convidado de eventos. Todas essas atuações e ocupações se refletem em seus looks, sempre experimentando e mudando, e isso é uma das características que mais admiro em Jujiin - e o mais frustrante quando se considera qual foto e visual pra pegar de referência pra meu trabalho, já que o look de hoje pode ser totalmente diferente do de amanhã. Optei por essa porque imagino ser uma foto querida, já que era header do site dele por um bom tempo, e porque o styling está impecável. Afinal, quanto mais legais as fotos, produção e pessoa, mais chamativo fica o desenho - Levo tudo isso em consideração na hora de compor uma ilustração e ponho um esforço equivalente pra honrar o respeito que a pessoa tem com sua aparência e seu cuidado com vestuário.

Próximo update: 03-06. Confira tambémos os outros posts da categoria GO-GUY e o primeiro post sobre o logo do blog e minhas páginas de PERFIL, PUBLICAÇÕES e até a próxima!

Tens estilo, fotos interessantes e gostaria de ser retratado e aparecer por aqui? Dê uma olhada na página principal do GGE.me e escreva se apresentando! Estarei aberto à conhecer gente nova para colaborar no meu projeto.

O HAY! If you haven't noticed or for those who care, I didn't post last week. The reason was that I finally got a job, and I took some time off from blogging in order to get used to my new daily work routine. And since I wasn't writing or spending hours figuring how Wordpress works, I used this new found free time to work on this drawing and giving it extra attention. I hope you enjoy it!

This week at GO-GUY EXPRESS, I present Jujiin Samonte - who, as it happens to be the case with the last GO-GUY I posted, Alvis Lau - is another guy I have drawn before inspired by his look evolutions in LOOKBOOK.nu. When my internet connection isn't slow I also check his blog, portfolio and flickr, wich are always inspiring and full of interesting works - adventures in design, fashion, photography and his everyday life and cool jobs as DJ, guest or producer of parties and events. All this experiments leads to change, and they reflect on his looks - a fascinating thing in my opinion, but also very frustrating when I wonder wich look to pick to portray - since all the looks are cool and very different from each other. This one was my choice because I think this picture must hold some kind of special value - since it was his website header for a while,  the styling is flawless and the reference picture was beyond cool. After all, the coolest the picture and person, the cooler the drawing turns out. These are some points I observe and take in consideration when illustrating, in order to direct my efforts to honor the guy's self respect and thoughts about appearance and his way to express yourself.

Next update - June 3rd. Check also the other posts in the GO-GUY category and my first post about the blog's logo and layout, and my PROFILE and PRESS pages, and see you next week!

Got style, interesting pictures and would like to be portrayed by IZM and appear here? Take a look at the GGE.me page and write IZM introducing yourself! I can't wait to get to know new people to collaborate in my art project.